quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Capitulo 16

Quando acordei não tinha ninguém do meu lado.Levantei de pressa eu já estava desesperada.Ele foi embora e nem me acordou pra se despedir?Será que pra ele foi só uma transa?Será que não significou nada?Olhei pro lado da cama e encontrei sua camisa a vesti e fui em direção a conzinha.Quando cheguei na cozinha encontrei minha mãe escorada no balcão tomando uma xicara de chá como de costume.Será que ela o viu?Ela me encarou e pousou sua xicara em cima da bancada.
_Mãe? Não sabia que voltaria hoje.
_Decidimos de ultima hora, não tivemos tempo para avisa-la.
_Tudo bem._Eu me sentei na bancada.
_Sua avó lhe mandou lembranças._Ela se sentou em uma das cadeiras da bancada.
_Como estão todos?
_Bem, estão bem.Querida quem era o rapaz que estava aqui hoje de manhã?
_Vocês o viram?_Senti minhas bochechas arderem.
_Tudo bem querida não precisa se envergonhar, eu sou sua mãe.
_Eu sei.O que o papai fez?
_Fique tranquila nós só o vimos de longe.Seu pai ficou furioso quando o viu saindo de nossa casa.Mais por sorte quando ele finalmente consiguiu estacionar o rapaz já havia ido embora._Soltei um suspiro de alivio.Teria sido horrivel se meu pai quissesse bancar o protetor na frente do John.
_Eu vou subir preciso me trocar. 
_Se arrume hoje vamos almoçar na casa de um amigo do seu pai.
_Tá legal._Desci da bancada e fui em direção a escada, mais parei quando minha mãe me chamou.Me virei e a olhei._Sim?
_Só prometa que não vai se magoar._Sabia do que ela estava falando.Minha mãe sempre me apoiava e era liberal.Mais mesmo assim não deixava de ser protetora e eu gostava disso me sentia segura.
_Eu prometo...

John....
Logo ela adormeceu e eu apenas fiquei a observando.Eu só podia estar louco de ir pra cama com a Mary.A Kate me mataria quando soubesse e eu sabia disso.A observei por mais um tempo e logo adormecei.
Quando acordei ela ainda estava me abraçando, me levantei sem fazer barulho pra não acorda-la.Me vesti o mais rapido que pude e fui embora.Ela ficaria magoada quando acordasse e não me encontrasse ali, mais seria melhor assim.Talvez desse jeito ela pensasse que pra mi  não passou de uma noite e se afastaria.E isso era o melhor a se fazer, eu não poderia engana-la.Assim que cheguei em casa fui para meu quarto me joguei na cama e logo dormi outra vez.


Kate...
Eu me aconcheguei em seus braços e ele me abraçou mais forte.
_Nada nem ninguém vai me separar de você.Nem mesmo Dan Moore.
_Eu te amo Kate.Muito mesmo.
_Eu também te amo.
Ficamos ali durante mais algum tempo e depois decidimos ir pra minha casa.Assim que entramos demos de cara com a Emi jogada no sofá bebendo um garrafinha de sangue.Assim que ela nos viu, se levantou assustada tentando se recompor e inventar uma desculpa."Você quer um pouquinho de suco de tomate cunhadinho?" Ela pensou em dizer isso e eu não pude segurar e acabei rindo.Rindo muito alto.
_Suco de tomate?_Eu ria e o Ryan me olhava sem entender nada.Depois de alguns segundos consegui para de rir._Tudo bem Emi ele já sabe.
_Sabe o que?_Ela me olhou confusa.
_Sabe que isso não é suco de tomate._E outra vez não pude conter o riso.Você deve estar me achando uma louca, mais acredite de todos os vampiros eu devo ser a mais normal.
_Então ele sabe que o que nós somos?
_Sim, eu sei._O Ryan a olhou divertido._Vou adorar ter amigos vampiros.È claro se vocês não quiserem me morder._Ele deu uma risadinha e a Emi o acompanhou.
_Tudo bem.Seu cheiro não me atrai._Ela disse sorrindo.
_Cade o papai?_Eu perguntei quando me lembrei dele.
_No quarto.
_Hum..
_Acho melhor eu ir minhã mãe disse que a familia de um amigo do meu pai iria almoçar lá em casa.
_Tudo bem._Eu disse o levando ate a porta.
_Você não quer ir comigo?
_Acho melhor não.
_Tudo bem.Te vejo amanhã na escola._Ele se aproximou e me beijou.O beijo não duro muito.
_Ate amanhã.
Ele sorriu e foi em direção ao carro.Entrou e antes de pisar no acelerador acenou uma ultima vez e foi embora.Entrei em casa com um sorriso bobo no rosto.Passei pela sala deixando a Emi deitada no sofá assistindo TV.Fui ao quarto do meu pai, assim que entrei o encontrei sentado na cama encarando o vazio.Me sentei ao seu lado, mais ele pareceu não notar estava concentrado demais em seus pensamentos.
_Pai?_Ele 'acordou' do transe e me encarou.
_Oi filha.O que foi?
_O que aconteceu? Tá tão pensativo....


JulieSelena:Que bom que gostou...Espero que goste desse também....Postando...Queria sua opinião acha que eu deva deixar o John e Mary ou não? Comenta aí pra mim saber o que você acha...Beijoe..


Bom ta aí o cap....
Espero que gostem....

3 comentários:

  1. Eu aqui \o\
    Awwn que lindo que tá *-*
    vixi , a Mary e o John ... a Kate vai ter um ataque O.o
    mais pelo menos agora o Ryan já sabe a verdade *-*
    tá perfeito flor , bjos

    ResponderExcluir
  2. Own que lindo
    Muito engraçado a parte do suco de tomate kkk
    Eu amei o cap
    E acho q vc deve deixar o John e a Mary sim
    P
    O
    S
    T
    A

    L
    O
    G
    O

    !
    !
    !

    BEIJOE!!!S2

    ResponderExcluir

Quer me deixar feliz*---*?...Comenta aí..