terça-feira, 27 de março de 2012

Capitulo 53

_Desculpe, onde foi parar minha educação.Meu nome é Mark.Agora diga querida o que faz aqui?
_Preciso de respostas.Preciso saber, o que são vocês?
_Lobisomens._Ele disse serio dessa vez.
_lobisomens._Repiti mais pra mim mesma, só pra ter certeza de que escutei corretamente._  Como...Como conseguiram se esconderem por tanto tempo? Longe de qualquer suspeita.
_Preservamos nossa privacidade, e além do mais não somos imortais o que torna quase impossivel saber sobre nossa exitencia.Ou melhor tornava, já que agora os frios nos "descobriram".
_Por que estão matando todas essas pessoas? Eu não entendo, se preservam tanto a privasidade porque deixaram os corpos expostos? Foi facil descobrir sobre vocês.
_Ah!Não querida nós não temos nada a ver com as mortes.Corpos com mordidas não é bem nossa "praia".Quem gosta de mordidas são os frios como você deve saber.
_È eu sei mas e as pegadas? Não foram vampiros que as deixaram e disso eu tenho certeza.
_Bom, na verdade estamos sim envolvidos com as mortes.Não que nós tenhamos as causado mas nós sabemos quem foi._Jeremy disse enquanto me encarava.
_Não deviamos falar sobre isso, principalmente com ela._Mark disse serio, perdendo qualquer rastro da gentileza que demonstrara ate agora.
_Ela se arriscou vindo ate aqui, merece pelo menos saber a verdade.
_Tudo bem.
_Olha Kate precisa prestar atenção e por favor não me interrompa._Eu apenas assenti._Há alguns anos atrás uma de nós se apaixonou por um frio, nós tentamos afasta-los seria melhor pra todos nós.Ela estava colocando nosso segredo em risco temos um juramento de que não contariamos a ninguém sobre o que somos e ela cumpriu com o juramento não contando a ele mas não queria se separar dele já que estava apaixonada e ele parecia sentir o mesmo.Depois de um tempo juntos ela engravidou estava feliz e veio contar a todos a novidade mas a reação foi diferente do que ela esperava, nós não podiamos deixar que aquele bebê nascesse.Ficamos com medo de como seria aquele bebê, uma mistura de vampiro e lobisomem.Então fizemos o que deveria ser feito, esperamos o bebê nascer e depois o matamos._Escutei cada palavra com atenção e não pude evitar pensar em como ela deve ter se sentido.
_E o que aconteceu com os pais da criança?_Perguntei quase num sussurro e dessa vez quem falou foi o Mark.
_Pensamos em mata-los também, faria com as outras garotas pensariam antes de se envolver com alguém da sua especie.Mas desistimos deixamos que eles partissem e parece que agora eles estão a procura de vingança.
_Como sabem que são eles?_Perguntei curiosa.
_Os sinais deixados, as pegadas, as mordidas.E ele era o unico vapimro que sabia da nossa existencia.
_Como poderam matar um bebê inocente? Vocês nem tinha certeza do que ele seria, talvez ele fosse só um lobisomem ou apenas uma vampiro.Mesmo que ele fosse uma mistura ele poderia se controlar, talvez tivesse uma vida normal, talvez nem fosse algo tão assustador.Vocês não tinham o direito de fazer isso._Eu disse totalmente irritada.
_Não tinhamos o direito? Nós estavamos nos protegendo, protegendo vocês e ate mesmo os humanos.Aquele bebê mataria todos nós.
_Não é algo que você possa adivinhar, ou é?_Me levantei furiosa e fui em direção a porta e sai.Fui andando em direção ao bosque afim de voltar pra casa, aquela historia havia mexido comigo como eles poderam fazer isso com aquele pobre bebê?
Mas meus pensamentos foram interropidos quando eu me deparo com um "lobo" parado na minha frente e só por seus pensamentos descobrir quem era.Dereck.Sorri debochada e continuei caminho quando ele me derruba no chão.Ah idiota.Tentei empurra-lo mas ele mordeu, serio mordeu minha blusa e começou a me arrastar ate me fazer bater contra uma arvore.E quando pensei que ele me destrosaria, Jeremy apareceu e logo começaram uma pequena briga.Não fiquei ali parada me levantei e me pus a caminhar, já estava na metade do caminho quando Jeremy apareceu ao meu lado.Ileso, como se nem estevisse brigando a minutos atrás.
_Você está bem?_Ele parecia realmente preocupado.
_Estou, é preciso muito mais que um lobo otario pra me matar.
_tem certeza de que não esta doendo? Você tá toda suja de sangue e tem alguns machucados._E só agora que ele disse que eu percebi os arranhdos pelo meu corpo.E não acredito, minha roupa tá horrivel.Vira-lata idiota estragou minha blusa favorita.
_Tudo bem, só quero ir pra casa.
_Kate me escuta nós não tinhamos outra opção._Sabia muito bem do que ele estava falando.
_Tinham sim.Deveriam ter, mas não podiam matar a criança.Os pais devem estar horriveis por isso.
_Alex sempre foi uma das mais facinantes de nós, e todos a adoravam.Mas não podiamos deixar que aquilo acontecesse._Ele parou de caminhar por um momento e eu pensei em apenas continuar andando e deixa-lo ali mas seu pensamento era um tanto curioso."Eles não podiam.Tinham medo."
_Você não concordou com isso não é?
_Não.Eu amava Alex e queria que ela fosse feliz, e eu vi o quanto o bebê a deixou extasiada.Ela estava tão contente, estava gravida do Matt o cara que ela amava.Eu devia ter feito alguma coisa, eu devia ter protegido ela e o bebê.Eu prometi que cuidaria dela sempre mas eu não cumpri com isso.Deixei que estragassem a vida da minha irmã._Ele abaixou a cabeça, eu sabia que ele se sentia culpado.
_A culpa não foi sua.Tenho certeza de que vamos encontra-la e você vai descobrir que ela e o Matt não tem nada haver com os assassinatos.E mesmo que tenham, eles tem um motivo.
_Obrigado.Eu vou ir, te vejo na escola.
_Até lá.
Respirei fundo tentando achar forças pra continuar andando.O resto do caminho foi normal e quando cheguei em casa encontrei o Ryan e o meu pai na sala.Assim que me viram pareceram assustados como se estivem vendo um fantasma.
_O que aconteceu com você amor?_Ryan veio em minha direção e me ajudou a sentar.
_Parece que não é muito divertido quando um lobisomem fica irritado.
_O que?_Os dois disseram juntos.












Bom, ta aí o capitulo....Desculpa não ter postado ontem é que eu machuquei o braço sabado......Ainda doi mas já ta bem melhor...Eu mudei a foto do blog..Na verdade eu já deveria ter trocado desde o começo da 2º temporada mas a preguiça não deixou hihi....Gostaram? Quero saber a opinião de vocês e muito obrigada pelos comentarios eu amei...E bem vindas novas seguidoras...
Beijos...

quinta-feira, 22 de março de 2012

Capitulo 52

#1 semana depois


Eu estava andando pelo bosque que havia perto do parque.O dia estava ensolarado e verdadeiramente lindo, era disso que eu precisava um tempo pra relaxar.Nessa ultima semana a Nicole tinha passado a maior parte do tempo dando em cima do meu Ryan o que quase me enlouqueceu.Eu queria arrancar a cabeça dela, mas toda as vezes em que eu ficava morta de ciumes o Ryan dava um jeito de me mostrar que só meu e de mais ninguém.
Enquanto eu andava ouvi um barulho atrás das arvores, mas eu não vi ninguém ali.Não é ninguém, é só o vento.Isso é só o vento, você ta ficando paranoica Kate.Ri do meu proprio pensamento, eu devo estar mesmo louca.E de repente meu corpo parou com o susto, meu coração deu um salto dentro de mim.Ah meu Deus, isso não pode ser real.
_Ah meu Deus._Sussurrei baixinho.
Parado bem diante de mim estava um daqueles lobos que pertubavam meu sono.Droga isso não pode ta acontecendo.Ele me encarava mas sinceramente eu estava surpresa, não com medo.Ele se virou rapidamente pronto pra sair, mas eu não podia deixar que escapasse eu precisava descobrir alguma coisa.Então eu o segui de longe e ele não pareceu perceber ou talvez quisesse que eu fizesse isso, uma armadilha talvez? Não importa eu iria descobrir o que ele era.
Ele parou perto de uma casa de onde saiu uma garota de cabelos castanhos, ela era morena e deveria ter no maximo 19 anos.Ela sorriu ao ve-lo e disse alguma coisa então ele....ele virou humano? Droga.E ele estava nú, isso mesmo nú.Ela lhe estendeu uma bermuda ele a pegou e logo a vestiu.Eu o conhecia, sabia disso mesmo ele estando de costas eu sabia que o conhecia.E quando ele se virou eu tive vontade de gritar mas o grito ficou preso em minha garganta.Era o Jeremy.O novato.Ah que droga.Meu coração batia depressa contra o peito começando a me sufocar.Me virei rapidamente com a intensão de ir embora, sair desse lugar o mais rapido possivel mas eu estava enganada em pensar isso.Assim que me virei dei de cara com um homem parado bem na minha frente ele se parecia um pouco com o Jeremy.Será aque ele é um...Ah claro era só o que faltava.
_Onde pensa que vai mocinha?_Ele disse dando um sorrisinho malicioso, que me deu arrepios mas não eram bons.
_Eu...
_Você?
_Eu estava dando uma volta mas já estou indo embora._Tentei passar por ele mas ele era bem forte.
_Sinto muito mocinha mas não vai a lugar algum._Disse enquanto começava a me arrastar.
_Me solta._Me debati tentando me soltar.Ele apenas me apertou contra seu corpo fazendo com que eu não me mexesse.Ah aque odio.Ele aproximou do meu pescoço e...me cheirou? Aff que ridiculo.Quem gosta de pescoços são os vampiros meu bem.
_Seu cheiro é bom pra uma fria._Fria?
_Desculpa do que me chamou?_Ele apenas deu uma risadinha e me levou ate a casa aonde estava o Jeremy e a tal garota.E eu deixei que ele me levasse seria um modo mais rapido de descobrir alguma coisa sobre eles.Um tempo depois entramos em uma sala, tinha alguns deles ali conversando, rindo, como pessoas normais.
_Olha o que eu achei._O cara me segurando disse chamando a atenção de todos daquela sala._Uma Fria, ela estava nos espionando._Então ele me jogou no chão.
_Calma Dereck.Tenha mais cuidado com nossa visita._Um homem bem bonito por sinal, ele se aproximou e estendeu a mão pra mim me ajudando a levantar._Sente-se no sofá.E vocês vão para fora, quero privacidade pra conversar com minha visita._Todos sairam da sala menos o tal Dereck._Eu mandei sair Dereck.
_Tem certeza que vai querer ficar sozinho com essa fria.
_Tenho e agora saia._ele disse autoritario.O Dereck virou pra sair mas não antes de ele ter o que merece.
_Ei Dereck._Eu o chamei, ele se virou pra me encarar e deu um sorrisinho sarcastico.E um segundo depois o sorrisinho sumiu do rosto dele quando ele foi atirado pro outro lado da sala._Não gostei muito do jeito que me tratou, deveria melhorar suas maneiras._Ele se levantou furioso e pensei que viria em minha direção mas alguém o segurou.Meu coração ficou apertado quando vi quem estava o segurando.Jeremy.
_È melhor você ir pra fora Dereck.Os caras estão te esperando.
_Tudo bem._Dereck me olhou com desprezo e saiu.
_Olá Jeremy.
_Oi Kate.
_Vocês se conhecem?
_Sim, da escola._Eu respondi rapido.
_Junte-se a nós Jeremy._Ele apenas assentiu e sentou no sofá ao lado.
_Então Kate o que faz aqui?_O "cara" perguntou gentilmente.
_Posso saber seu nome primeiro?
_Desculpe onde foi parar minha educação.Meu nome é...







Espero que gostem desse capitulo.....Curiosas pra saber o que vai acontecer...rarará....Eu sou do mal....
Comentem por favor se não eu me sinto abandonada.....Não vou fazer como quase todas as garotas que tem fics fazem tipo "10 comentarios pro proximo" por que eu não acho legal....A pessoa comenta se ela quiser....se ela tiver tempo e paciencia......Mas eu queria que comentassem pra mim ter certeza de que tem gente lendo....
Mas é claro que eu agradeço muito as meninas que comentam....Elas são minhas lindas e me deixam muito feliz.....Então por favor comentem....
Beijos....

Selinho*--*

AAAAAAAAAAAHHHHHHH
To surtando aqui....Ganhei um selinho da Julie.....

5- ...Amando...

segunda-feira, 12 de março de 2012

Capitulo 51

Dia seguinte....Na escola...




Eu estava andando pelo corredor indo em direção a sala, enquanto lia o jornal.Havia uma noticia de que mais uma garota havia sido encontrada morta em um parque.Do mesmo jeito que todas as outras pessoas, isso era enlouquecedor.Continuei andando sem parar de ler ate esbarrar em alguém fazendo com que caisse de bunda no chão.Ah que otimo era tudo que eu queria agora.Levantei me pronta pra socar quem quer que fosse o idiota, mas minha irritação passou quando encontrei o Jeremy parado com um sorriso de lado.
_Desculpa Kate eu deveria prestar mais atenção.
_Tudo bem.Eu também estava distraida.
_Porque chegou atrasada?
_Tive um problema em casa, mas não é nada mauito importante.Pra onde estava indo?
_O professor não veio, estamos de aula livre.Estava indo na biblioteca passar o tempo.
_Ah! Vou com você._Eu sorri e ele retribui o sorriso.
Fomos ate a biblioteca e nos sentamos em uma mesa do canto, ficamos conversando sobre  varias coisas, que sinceramente não interesa a você.Um tempo depois o sinal pro intervalo bateu nos obrigando a ir para o refeitorio.Quando encontrei o Ryan e a Mell, sentados em uma mesa conversando animadamente com a Nic ¬¬. Era irritantemente frustante saber que ela era seria a causa por me separar do Ryan, mas dessa vez eu não iria esperar tudo se perder pra ficar me lamentando eu não deixaria que aquela visão estupida acontecesse.Ninguém, muito mesmo a Nic¬¬, tiraria o Ryan de mim, ele era meu e só meu.O Jeremy foi em direção aos seus amigos, então eu não perderia mais tempo.Fui calmamente ate chegar a mesa onde eles estavam.Me sentei no colo do Ryan e o beijei, era pra ser apenas um selinho demorado mas ele me apertou  contra ele e aprofundou o beijo.
_Oi gato._Disse separando o beijo.
_Oi._Ele deu o sorriso cheio de malicia que eu tanto amava.Me virei em diração as meninas e sorri mais ainda quando vi que Nicole com uma expressão de surpresa, mas eu também pudia ver a raiva bem lá fundo.
_Oi meninas._A Mell apenas sorriu em resposta, já a Nicole respirou fundo e forçou um sorriso.
_Oi Kate._Eu tive vontade de gargalhar quando entrei na mente dela, tenho certeza que você também riria comigo se ouvisse do que ela estava me xingando agora.
_Então como foi a aulas de vocês?
_Normal._A Mell disse fazendo careta.
_Hum....Ryan vamos no jardim preciso conversar com você.
_Tá.
Nos levantamos e fomos ate o jardim, me sentei embaixo de uma arvore qualquer.O Ryan sentou ao meu lado e me puxou fazendo com que eu sentasse em seu colo.
_O que foi princesa?_Ele disse enquanto distribuia beijinhos em meu pescoço.
_Nada, só queria ficar sozinha com você.
_Hum...Minha gatinha manhosa._Ele me virou fazendo com que eu me deitasse na grama e ficando em cima de mim.Senti meu estomâgo revirar quando ele me beijou, seus labios famintos sobre os meus, os devorando.O beijo foi ficando cada vez mais intenso, enquanto ele roçava seu corpo ao meu e eu não pude deixar de notar seu amiguinho alegre.O empurrei gentilmente separando o beijo.
_O que foi?_Ele perguntou fazendo uma careta.
_Ryan você é tão fraco._Eu disse apontando pro amiguinho dele.
_A culpa é sua.Toda sua._Ele sussurrou no meu ouvido me arrepiando, então voltou a me beijar.Deus! Acho que ele não é o unico fraco aqui.Meu corpo já estava em chamas, implorando pra arrancar todas aquelas roupas e sentir sua pele em mim.Bufei irritada quando o sinal tocou, Ryan se levantou e me ajudou a levantar.
Estavamos andando pelo corredor indo pra sala quando uma porta que me fez ter uma ideia.Por que não? Segurei a mão do Ryan e o puxei em direção a porta, entramos e eu fechei a porta atrás de mim.Estavamos na sala do zelador ninguém vem aqui há essa hora.Me virei pro Ryan e o vi sorrir enquanto se aproximava, ele me empurrou contra a parede e colou seu corpo ao meu.Me beijando com fervor, suas mãos passeavam pelo meu corpo me sentindo enquanto as minhas estavam em sua nuca arranhado.Logo nossas roupas estavam jogadas no chão, ele me levantou e envolvi minhas pernas em sua cintura e então ele já estava dentro de mim envestindo rapido me fazendo queimar por dentro.Todos os meus problemas foram guardados em uma pequena caixa lá dentro, eu esqueceria delas por enquanto.Agora era apenas eu o Ryan e mais nada.Os problemas seriam resolvidos depois.








Ta aí o capitulo....Espero que gostem minhas lindas...
Meninas obrigada pelos comentarios vocês me deixam cada vez mais feliz...
E Karina como eu ia esquecer de você flor...Andou sumida néh? kkk
Senti falta dos seus coment's e fiquei mega triste por ter acabado Love is Forever.....Eu adorava a fic...
Mais espero que comente bastante aqui e vê se não some hein...kk
Beijos....

domingo, 4 de março de 2012

Tag *-*

# Tag da Mai

                                      REGRAS :



1 - Cada pessoa deve postar 11 coisas sobre si mesma em seu blog.
2 - Responda ás questões de quem te deu a tag no seu post e crie 11 novas perguntas diferentes para passar adiante.
3 - Você deve escolher 11 pessoas para dar a tag e colocar o link delas no seu post.
4 - Ir para a página dessas pessoas e dizer a elas que você as indicou.
5 - Não indique a tag para quem já te indicou.

                                     11 COISAS SOBRE MIM:

1:Amo chocolate
2:Gosto de fazer as pessoas rirem
3:Amo ler fics jemi
4:Sou totalmente apaixonada pela Demi :D
5:Viciada em gifs.Tem varios no meu computador e no meu celular
6:Gosto das pessoas rapido demais
7:Morro de medo de barata
8:Só consigo escrever ouvindo musica
9:Amo supernatural
10:Faço careta enquanto falo
11:Viciada em John Mayer

                      11 RESPOSTAS:
1:Um segredo? Não posso contar...é segredo
2:Já sofreu por culpa de um garoto? Já (e muito)
3:Duas cores? Preto e laranja
4:O seu maior sonho?Ajudar as pessoas a serem melhores
5:O seu maior medo? Perder as pessoas que amo
6:Qual foi o pior pesadelo que você já teve?Que minha mãe tinha morrido
7:Se pudesse fazer alguma coisa pra melhorar o mundo que coisa seria? Acabaria com a diferença social
8:Qual o seu blog favorito e.e ? Perfectly Imperfect
9:O melhor momento de sua vida? São os que eu passo com as minhas amigas, minha familia
10:O pior momento de sua vida? Separação dos meus pais
11:A pior coisa que já te aconteceu? Perder meu melhor amigo


                     11 PERGUNTAS:

1:Uma amiga?
2:Já se apaixonou por um amigo?
3:Um lugar?
4:Já foi pega aprontando na escola?
5:Uma musica que não sai da sua cabeça?
6:Terror ou comédia?
7:Se pudesse mudar algo em você o que seria?
8:Pizza ou chocolate?
9:Um sonho que você gostaria de realizar?
10:Demi Lovato ou Selena Gomez?
11:Alguém que você gostaria de dizer "Eu te amo" mas não teve coragem?

                           REPASSO PARA:
1:Fire Against Fire
2:Perfectly Imperfect
3:Broken
4:Perigoso Reecontro
5:Minha Lolita...♥ Jemi Fics ♥
6:Love vodka & hate
7:...Amando...
8:Quando eu não penso em você
9:Amor entre Intrigas
10: Jemi-Amor Cego
11: Shut up and Love me

sexta-feira, 2 de março de 2012

Capitulo 50

Na hora da saída eu fiquei no estacionamento perto do carro esperando pelo Ryan e a Mell.Eles chegaram um pouco depois, brincando e rindo.No caminho eu contei o que havia acontecido na aula, e eles riram igual a dois doidos dentro do carro.E eu me divertia com isso, essa era a minha familia e eu os amava. 
Entramos em casa ainda rindo do tombo que a Mell tomou quando saiu do carro e nos deparamos com o John, Mary, Tyler e Julie sentados no sofá conversando.Caramba esse povo aparece sem me avisar depois desaparece sem me avisar também e agora volta e continua não me avisando.¬¬
_Onde vocês estavam?_Perguntei me jogando no sofá.
_Oi pra você também lindinha, senti sua falta._O Tyler disse sarcastico.
_Oi, agora onde vocês foram?
_Nós fomos atras do Dan._A Julie se pronunciou.
_E como sabiam onde ele estava?_O Ryan sentou ao meu lado.
_Bom, eu ainda matenho contato com minha mãe._Julie suspirou.
_E o que queriam com ele?
_Bom, já que um dos dele foi morto por lobsomens pensamos que ele podia saber algo que nos ajudasse._Meu pai disse pela primeira vez.
_E o que consiguiram?_Mell perguntou curiosa.
_Nada.Simplesmente nada.
_O que pra mim já era esperado._A Mary disse revirando os olhos.
_Pai sera que posso conversar com você a sós no escritorio?
_Claro querida.
Nós fomos ate o escritorio e eu estava nervosa não sabia qual era a explicação que ele daria e sinceramente eu tava com medo do que ouviria.
_Então pai eu andei pensando e eu quero ouvir o que você tem a falar.
_Tudo bem.Quando sua mãe estava gravida de você nós decidimos ir pra São Franciso, já que onde estavamos acontecia uma pequena guerra entre alguns vampiros.Tudo parecia normal entre mim e sua mãe, mas depois de um tempo que haviamos chegado na cidade ela começou a ficar distante.Ela saia sempre dizendo que ia caçar ou coisa parecida.Depois que você nasceu houve um confronto entre alguns Moores e outra familia de vampiros.Nessa epoca eu era amigo do Dan e naquele dia sua mãe havia saido de casa pela manhã dizendo que estava faminta e iria caçar, mas ela não voltou pra casa.Eu fiquei desesperado quando o Dan apareceu lá em casa dizendo que ela havia sido capturada pela familia rival._Pude observar algumas lagrimas descerem lentamente pelo seu rosto._Eu fiz de tudo pra encontrar sua mãe.Eu procurei em todos lugares possiveis pra achar os "raptores'' da sua mãe mas eu nunca a encontrei._Houve um minuto de silêncio entre, eu precisava de minuto pra absorver aquelas palavras.
_Como descobriu que ela estava viva?
_Foi um pouco depois de você conhecer o Ryan.Dan me ligou contando a verdade, me dizendo que Elizabeth nunca esteve morta.Desculpa não ter te contado mas é que... eu fiquei com medo de que você também fosse embora como sua mãe foi._Eu já chorava então eu apenas o abracei.Ficamos assim por um tempo.
_Eu não vou embora pai, não sou como ela.Somos uma equipe, lembra? Eu, você e a Emi._Eu sorri quando eu o vi dando uma risadinha.
_Certo.Uma equipe.
Depois de um tempo conversando voltamos pra sala.Todos nos olharam esperando que nós falassemos algo.
_Cade o Ryan?_Eu perguntei olhando em volta.
_Não era isso que eu queria ouvir, mas ele foi pro quarto._A Mary disse apontando pra escada.
_Então, eu vou lá falar com ele.
Subi as escadas correndo e quando entrei no quarto o encontrei dormindo.Eu já disse o quanto eu o amo? Se não, então esqueça eu não vou dizer isso pra você.Fui ate o banheiro e tomei um banho demorado e depois de me vestir deitei ao lado do Ryan e logo adormeci.

"Tudo parecia tão diferente enquanto eu andava pela casa, agora abandonada.Senti que tinha alguém me observando e meu coração sairia do peito a qualquer momento, eu olhava em volta mas não havia ninguém ali."Ta tudo bem." Eu repetia pra mim mesma, tudo ficaria bem.Eu so precisava sair daquele lugar e voltar pros braços do Ryan...Continuei andando pelo corredor e tentei deixar aquela estranha sensação de lado, eu sairia dali.Parei em frente a uma porta e derrepente senti alguém me empurrando ate eu bater contra a porta a minha frente, e eu já não conseguia mais respirar e senti tudo escurecer." 


Meu coração ainda batia desesperadamente contra meu peito enquanto eu tentava recuperar o folego.Olhei em volta e eu estava sentada na minha cama ao lado do Ryan.Suspirei aliviada.Levantei e fui ate a cozinha me sentei na bancada e fiquei ali olhando pro nada.Meu coração já batia normalmente mas o medo tinha tomado conta de mim, eu não sabia o que fazer.Eu nem ao menos sabia o que todos esses sonhos significam.Deus, eu vou enlouquecer.
Já fazia um tempo que eu estava ali, quando eu ouvi um barulho vindo da porta da cozinha então me virei pra ver o que era.E encontro o Ryan me olhando com uma cara fofa.
_O que foi?Por que levantou?
_Eu tava sem sono.E o que você ta fazendo acordado? Tava dormindo tão bem.
_Não senti o seu calor ao meu lado, não gosto de dormir sem você._Own eu sou a unica pessoa que acha que ele é um otimo namorado.
_Calor?_Eu ri_Eu sou fria Ryan._Ele se aproximou e segurou minha cintura.
_È perfeito pra mim._Disse colando mais seu corpo no meu.
_Ryan?_Eu sussurrei em seus labios.
_O que?
_Eu amo você.
_Eu também amo você._Então ele me beijou, fazendo eu sentir milhares de borboletas dançando em meu estomago.Ainda eu seu colo ele me levou ate o quarto quando chegamos no quarto nós caimos na cama rindo e então depois de muitos beijos nós resolvemos dormir e então pude dormir tranquila.Sem nenhum pesadelo, apenas um sorriso no rosto.
 




 Ta aí o Capitulo..Espero que gostem...
Beijos...