segunda-feira, 30 de abril de 2012

Capitulo 63

Kate.....


Acordei sentindo alguém fazendo carinho em meu rosto.Abri os olhos e o encarei, Ryan, sua expressão era vazia.Gostaria de saber o que ele estava pensamento.
_Você está bem?_Ele perguntou baixinho me tirando de meus pensamentos.
_Sim._Me levantei e comecei a andar pela sala._Como você tá?
_To bem._Conitnuei a andar pela sala, Droga eu não contei pra ele sobre o bebê.Eu deveria contar não é?Ele tinha o direito de saber.Não, ele não precisa saber pelo menos não agora.Senti seus braços fortes em minha cintura me segurando forte.
_Ryan...
_Shhh...Fiquei com tanto medo de que acontecesse alguma coisa com você._Então ele simplesmente me abraçou._Me desculpa Kate, a culpa de tudo isso é minha.Se estamos aqui agora a culpa é toda minha._Envolvi meus braços no seu pescoço acariciando seu cabelo.
_Não é sua culpa Ryan.Vai ficar tudo bem, vamos sair daqui._Ele se afastou um pouco e me olhou nos olhos.
_Kate eu..._Eu o interrompi.
_Já disse que tá tudo bem Ryan._Me afastei já sabendo sobre o que ele começaria falar, e eu não quero ter que desculpa-lo por ter-la beijado.Não agora.Jeremy estava sentado em um canto nos observando.
_Então o que fazemos agora?_O Tyler perguntou nos encarando.
_Esperamos._Eu disse enquanto me sentava na mesa.
_Esperamos o que? Um milagre? Um santo guardião dos vampiros e lobisomens?_O olhei irritada, poxa a culpa era minha se estavamos presos.
_Eu não sei tá legal.Não é minha culpa se estamos aqui.
_Tudo bem, desculpe.Sei que não é sua culpa.Mas precisamos fazer alguma coisa pra sair daqui.
_Sei disso.Também quero sair daqui.
_Olha acho que a unica coisa que podemos fazer agora é esperar.Alguma hora eles vão ter que abrir aquela porta._O Ryan disse olhando pra porta.
_Nos alimentar.
_O que?_Eles disseram em coro.
_Vão precisar nos alimentar, e pra isso precisam abrir a porta._Sorri esperançosa, iamos sair dali.Alguma coisa dentro de mim me dizia isso.
Já haviam se passado horas e ninguém havia passado por aquela porta nem mesmo Alex ou Matt.Já estava ficando irritada com toda aquela situação.Andei de um lado pro outro na sala observando os meninos que estavam dormindo,e de repente pude ouvir seus pensamentos.Os pensamentos dos dois se misturando em minha mente com meus proprios pensamentos, tentei fazer com que parasse mas ficava cada vez mais forte.Minha cabeça começou a latejar e não consegui segurar um grito de dor.Os meninos acordaram assuatados e vieram em minha direção, mas quanto mais eles se aproximavam mais fortes ficavam seus pensamentos.
_NÃO CHEGUEM PERTO DE MIM._Eles pareceram ficar mais assustados e se afastaram um pouco.
_Kate o que tá acontecendo?_O Ryan perguntou preocupado.Mas eu não consegui responder.De repente eu já não estava mais ali.Estava em uma floresta parecia haver uma guerra ali.Lobisomens matando vampiros, vampiros arrancando pescoços de lobisomens.E no meio de toda aquela confusão algo me chamou atenção, um garoto caído no chão ensanguentado havia uma garota ao seu lado chorando e senti uma dor em meu coração o esmagando.
_NATE._Me ouvi gritando e quando percebi estava correndo em sua direção.Abaixei ao seu lado, o tirando do colo da menina e o puxando pro meu.
_Nate.Nate fala comigo._Lagrimas desciam cada vez mais rapidas em meu rosto.Ele abriu os olhos e sorriu quando me viu.
_Eu devia....devia ter escu....escutado você._Passei a mão pela sua face.
_Porque?
_Porque você.....você tinha razão, você sempre.... tem razão._Ele dizia quase num sussurro.
_Me desculpa querido eu devia ter o protegido._Eu não sabia por que estava dizendo aquilo, não sabia dizer o sentido daquelas desculpas mas eu só sabia precisava dize-las antes que fosse tarde demais.
_E você me protegeu e agora eu preciso que me prometa que vai proteger a..... e o meu filho.
_Não Nate, você mesmo vai proteger seu filho.Você vai ficar bem.
_Eu só preciso que prometa.
_Eu.....Eu prometo.
_Obrigada._Ele disse segurando minha mão que estava em seu rosto.
_Eu te amo Nate._Me aproximei e dei um beijo em sua testa.
_Eu também te amo mãe._O sorriso em seu rosto já não estava mais ali, tudo tinha acabado naquele momento.








Ryan....


Depois de um bom tempo esperando que alguém abrisse aquela porta eu acabei adormecendo.Estava tendo um sonho agitado, estava preso em um tipo de labirinto.Sendo perseguido, meu coração estava acelerado.
Acordei assustado quando ouvi um grito, me levantei e percebi que o grito era da Kate tentei me aproximara mas ela gritou pra nos afastassemos, perguntei o que estava acontecendo mas ela não respondeu.E de repente ela parou seus olhos cinzas ficaram totalmente pretos, seu rosto estava palido e antes que ela pudesse cair eu a segurei.
_O que tá acontecendo?_O Jeremy perguntou assustado.
_Tá tudo bem, é só uma visão.
_Mas ela vai ficar bem.
_Vai sim, só precisamos esperar um pouco.
Ficamos ali esperando ela acordar.O tempo parecia passar lentamente eu odiava a ver daquele jeito.Um tempo depois ela "acordou", sua expressão estava vazia e seus olhos molhados pelas lagrimas.Então ela simplesmente me abraçou deixando que as lagrimas molhassem meu ombro.Passei minha mão por seus cabelos sussurrando em seu ouvido que tudo ficaria bem.Mas agora eu já não tinha certeza se tudo ficaria mesmo bem. 





Bom meninas ta aí o capitulo espero que gostem muito....E comentem viu.....Beijokas..
 

sábado, 28 de abril de 2012

Capitulo 62

Kate.....


As horas paceriam não passar dentro daquela sala.Eu estava prestes a enlouquecer, minha mente estava a mil.Quando de repente a porta abre e dois caras vieram em minha direção, tentei me desviar mas eles conseguiram me segurar.Me debatia mas eles eram mais fortes do que eu, e um tempo depois a Alex entrou na sala acompanhada pelo Matt.
_O que tá acontecendo?O que vão fazer?_Eu perguntei assustada.
_Nada._Alex respndeu simplesmente.
_Então pra que tudo isso?
_Tenho uma surpresa pra você._Ele olhou pra porta e disse pra um cara alto que estava parado do lado da porta algo como tragam nossa surpresa.Minha garganta pareceu fechar quando eu vi a tal "surpresa",minha respiração estava ficando cada vez mais pesada.Jeremy e o Ryan, estavam machucados.Os jogaram no chão desacordados.
_RYAN...JEREMY. O QUE FIZERAM COM ELES?_Eu voltei a me debater tentando me soltar.
_Nada demais querida.Vamos_Ela disse olhando os seus "capangas", então eles me jogaram no chão e sairam._Aproveite sua surpresa._Disse enquanto fechava a porta.Corri em direção à eles e me abaixei.
_Ryan....Jeremy._Eu sussurrei os olhando.
Fiquei ali durante um tempo esperando que eles acordassem.Otimo, isso era tudo que eu precisava.Já não bastava eu presa aqui agora eles também? Ah meu deus.
_Kate?_Me virei e vi que o Jeremy havia acordado.
_Você está bem?
_Mais ou menos, minha cabeça doí um pouco mas tirando isso tá tudo bem.
_O que eles fizeram com vocês?
_Anne me contou sobre esse "galpão" e resolvemos vir ate aqui.No meio do caminho encontramos o Ryan e a Mell então..._Eu o interrompi.
_A Mell? Onde ela está?
_Calma, nos fizemos com que ela voltasse pra casa.Ela tá bem.
_E essa sua tal amiga Anne? Onde ela está?
_Eu não sei, depois que fomos atacados não a vi mais.
_Precisamos sair daqui Jeremy, o mais rapido possivel._Senti algumas lagrimas descerem pela minha face, enquanto eu acariciava os cabelos do Ryan.
_Vai ficar tudo bem e vamos sair daqui.Eu prometo.
_Obrigada Jeremy.

Acordei assustada no meio da noite, me virei pro lado e encarei o Jeremy ainda adormecido.Olhei pro Ryan que ainda continuava com a cabeça em meu colo.Ele parecia pertubado, seu rosto se contorcia de dor.Um pesadelo, talvez? 
_Tá tudo bem Ryan._Sussurei em seu ouvido enquanto acariciava seu rosto.Então ele sussurrou meu nome, me chamando.Fechei meus olhos me perdendo em pensamentos lembrando do quanto eu amava ouvi-lo dizendo meu nome.De como ele me olhava, me abraçava, de que como me amava.Senti meu rosto ser inundado pelas lagrimas e depois de um tempo acabei adormecendo.






Mell...


Passei a noite acordada pensando no que fazer para ajuda-los mas nada vinha na cabeça.Eu precisava ajuda-los, tinha que fazer alguma coisa.Ficar dentro daquele quarto já estava me deixando nervosa, me levantei e fui em direção a cozinha abri a geladeira e peguei uma garrafinha de sangue.Precisava me acalmar e pensar em alguma coisa.Depois de um tempo o cansaso venceu e acabei adormecendo no sofá.
Quando acordei fui em direção ao quarto, me arrumei e desci.Encontrei a tal garota sentada no sofá conversando com a Julie.
_Tá tudo bem?_Eu perguntei olhando pra garota.
_Ta sim._Ela deu um sorriso timido.
_Porque não estaria?_A Julie perguntou me encarando.
_Você é meio doida Julie, poderia estar assustando a garota._Julie me olhou indignada.
_Eu não sou doida ta legal? E eu não assustei a Anne.
_È verdade a Julie tá sendo bem legal comigo.
_Tudo bem.Onde está o Tyler e o vovô.E cadê a Mary que sumindo? Não vejo ela a dias.
_Eu to aqui._Ela disse saindo da cozinha._E eu não sumi, você que me esqueceu._Ela disse fazendo cara fofinha.
_Tá, e cadê os dois?
_Não sei, sairam cedo mas não disseram pra onde iam?_A Julie disse calmamente.
_Acho que sei pra onde eles foram.






Ta aí capitulo pra vocês.....Não me matem por não ter postado antes...Eu tava gripada por isso não postei...
Mas ta aí espero que gostem....Comentem bastante viu.....Beijos..

terça-feira, 24 de abril de 2012

Capitulo 61

_O que fazem aqui?_Eu perguntei os encarando.
_Estamos só caminhando por aí.Sabe?_O Ryan respondeu ironico.
_Estavamos procurando a sua casa._A Mell disse dando de ombros.
_Minha casa?
_È, sabe o bando.
_Ah o bando.E o que vocês querem com o "bando"?
_Pensei que podessem nos ajudar a encontrar minha mãe.
_Sinto muito Mell, mas lá ninguém vai te ajudar.O rapto da Kate não é um problema dos lobisomens._Eu disse lembrando o que o Mark havia me dito.
_Não é um problema dos lobisomens?_O Ryan me olhou furioso e me segurou pela gola da camisa me levantando._Uma de vocês raptou a kate e nós nem sabemos o porque, e você me diz que não é problema dos lobisomens?_Ele gritou enquanto me sacudia.
_Ryan me solta.
_Me dá um bom motivo pra isso.
_Eu sei pra onde levaram a Kate._Então ele simplesmente me soltou.
_Pra onde?
_Pra uma especie de galpão, não fica longe daqui._A Anne explicou antes mesmo que eu pudesse dizer alguma coisa.
_Então vamos ate lá._A Mell disse animada.
_Nem pensar Mell, você não vai.Sua mãe me mataria se soubesse que eu deixei você ir junto._Eu disse serio.
_Ah qual é? Eu não sou uma criança e você não manda em Jeremy.È da minha mãe que estamos falando por tanto eu vou.
_Ele tá certo Mell.È melhor você ir pra casa, seu avô vai enlouquecer se não souber onde estamos.Então você vai pra casa e avisa pra ele que fomos até o tal galpão pra onde levaram a kate.
_Mais pai..._Ele a interrompeu.
_Mais nada Mell.Não sabemos o que vamos encontrar lá e eu não vou arriscar.Não me perdoaria se acontecesse algo com você também.
_Tudo bem._Mell o abraçou forte._Promete que vai traza-la de volta?
_Prometo.Agora vai._Disse a encarando serio, ela bufou irritada e saiu correndo.
_É melhor irmos._Eu disse os encarando, eles apenas assentiram.






Mell...


Ai ai...Ate parece que eu vou ficar sentada no sofá esperando pra ter noticias da minha mãe.Assim que eles sairam eu os segui.Eu tinha direito de ir junto já que estavamos falando sobre minha mãe.O caminho foi bem rapido e eles não pareceram perceber minha presença, continuei o mais distante possivel não ia correr o rico de algum deles me ver.Ficaram parados observando um galpão, será que não vão entrar nunca? A ansiedade dentro de mim aumentava a cada segundo.Comecei a me aproximar deles mas algo me deteve.Ouvi um barulho vindo de trás de alguma arvores.DROGA, tinha alguém se aproximando.Subi ate um galho alto de uma arvore e pude alguns caras se aproximando.Ah não, merda.Isso não devia estar acontecendo.Assim que eu já não podia ve-los desci da arvore, pessima escolha, senti alguma coisa bater contra mim me arremeçando longe.Assim que olhei pro lado encontrei a amiga do Jeremy caída.Me levantei o mais rapido que pude a coloquei em minhas costas e a carreguei pra longe dali.
Quando cheguei em casa encontrei meu avô e o Tyler sentados no sofá.Assim que me viram correram em minha direção e me ajudaram a deita-la no sofá.
_O que aconteceu com ela Mell?
_Essa é a..Droga não sei o nome dela ela é amiga do Jeremy. Foi atacada por alguns caras, pelo que vi vampiros.
_E o que aconteceu exatamente?_O Tyler perguntou enquanto voltava a se sentar.
_È uma historia complicada.





sexta-feira, 20 de abril de 2012

Selinhos \o/

Ganhei selinho da MiMy Gomez Lovato.....
Bom na verdade já faz um tempinho...quase um tempão..hihi...
Eu esqueci de postar...Sorry MiMy....hihi..

Respostas....
1: Demais...Não que eu ache ela perfeita e tal, mas eu gosto do escrevo.(as vezes) hihi

2: Hum...Acho que não tenho um personagem favorito...Porque cada um tem uma pesonalidade e sei lá acho que gosto de todos..

3: Não muito...Mas escrever, criar uma fic não é facil...Então acho que sou um pouquinho boa..hihi...


                                                          Me apaixonei por um vampiro
                                                          ...Amando...
                                                          - Impossible.
                                                          Amor Entre Intrigas
                                                          Em Algum Lugar Do Passado 
                                                          Fix a Heart ♥ Jemi Fic
    


Bom esse outro selinho também é da Mimy.....Tava escrito pra todos então eu peguei haha....
Adorei esse...hihi....

Pra todas que também gostaram do selinho...hihi

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Capitulo 60

Dedicado a Ailinha..


_Alex?_Sua expressão se tornou vazia._Tem certeza disso Mell?
_Tenho sim.Foi a tal Alex._Ele se levantou rapidamente.
_Eu preciso ir.
_Porque não espera meu avô.Talvez possam ter alguma ideia do que possamos fazer já que conhecia essa Alex.
_Desculpa Mell, mas preciso ir._Ele veio em minha direção e deu um beijo em minha testa._Prometo dar um jeito de encontrar sua mãe._Então simplesmente virou e saiu.Tá isso foi estranho.Voltei pra cozinha e me sentei ao lado do meu pai.
_Quem era querida?
_Jeremy.
_Jeremy? E ele já foi?
_Foi, disse que precisava ir._O encarei seria e tive uma ideia._Levanta pai vamos sair._Ele me olhou incredulo.
_Sua mãe foi raptada e você quer sair?
_È justamente por isso pai.Vamos procura-los.
_Procura-los? Procurar quem?
_Os lobisomens.




Kate 

Eu estava deitada no chão - outra vez - digamos que é a unica coisa que tem pra fazer aqui.Fiquei encarando o teto tentando me distrair, mas meus pensamentos estavam tumultuados em minha mente.Eu tenho que sair daqui...Tenho que sair daqui...Tenho que sair daqui....Tenho que sair daqui...DROGA.



Jeremy 

Assim que saí da casa da Mell fui direto ate em casa.Precisava falar com o Mark, talvez ele tivesse alguma idei de como encontrar a Kate.Quando entrei em casa o encontrei na sala.
_Mark preciso falar com você.A Kate ela..._Ele me interrompeu.
_Eu sei o que aconteceu com ela._Ele disse calmamente.
_O que nós vamos fazer?
_Nós?_Ele riu._Entenda Jeremy.Nós não vamos fazer nada.Isso não é um problema nosso._Eu o encarei incredulo.
_Não é um problema nosso? A Alex está por trás e ela é um problema nosso._Ele apenas riu mais uma vez.
_Não.Alex não é mais um problema nosso.Ela foi expulsa do bando a anos e devia me agradecer por não ter matado a estupida da sua irmã._Respirei fundo não podia perder a calma agora.
_Tá legal.Eu vou atrás da Kate e é melhor que não aconteça nada com ela ou eu juro por deus que o mato.
Me virei e saí.Já estava no bosque quando sinto a presença de alguém e quando me virei dei de cara com a Anne.
_O que faz aqui Anne?
_Ouvi sua conversa com o Mark.
_E?_Perguntei impaciente.
_E eu quero ajudar, Alex era minha melhor amiga e eu não fiz nada pra impedir que ela se transformasse no que é agora.Eu preciso..._Suspirei.
_Eu entendo Anne.Também sinto que falhei com Alex...Vai sei bom ter sua ajuda.
_Obrigada._Ela sorriu.
_O problema é que não sei por onde começar._Ela ficou pensativa durante um tempo e depois me olhou.
_Acho que eu sei onde eles podem estar.
_Onde?
_Havia um lugar onde a Alex e o Matt se encontravam quando começaram a ter um caso.
_E você ainda lembra onde é?
_Lembro, não fica muito longe daqui.
_Então vamos.
Nós nos viramos pra continuar andando mas paramos quando demos de cara com a Mell e o Ryan.
_O que fazem aqui?


 Recado importante pra Julie:
Eu queria aproveitar o comentário aqui , pra dizer a JulieSelena que eu to sentindo mó falta dela lá no meu blog :'(
tipo , eu queria dizer , já que ela sempre aparece aqui , hehe ><
ai se puder no próximo cap , meio que deixa um ' aviso ' no final , falando isso pra ela , caso ela não ver isso aqui ? ia ajudar porq eu n tenho nenhum contato com ela , desculpe esse pedido meio idiota , ou a minha ' folgadeza ' , mais sinto falta dms das minhas followers lindas ç_ç

prometa nunca deixar de ser uma delas , certo ? porq você é tipo minha BFF dos blogs u.u haha'
e posta logo porq to mto anciosa *-----*


Aline:Que bom que gostou....Postando..

Karina: Gostou mesmo? Fico mega feliz..Aviso acima..hihi..Nunca vou deixar de seguir seu blog..È perfeito e eu amo demais..Ownt você também é minha bff dos blogs sua linda..Postando...

Ailinha: Postado pra você...E também te adoro gata..

Mai Moura: No problems...O importante é que você leu....hihi..Postando..

Julie: Que bom que gostou linda...Coitada néh ate eu fiquei com pena...hihi...Eu no lugar dela estaria louca...hihi..E tu viu o aviso néh? Não abandona a Kah...Eu te proibo viu? hihi...Postando fofa...


Bom meninas fiz um mini pra vocês....Não deu pra postar antes porque alguém(que se eu encontrasse mataria) arrebentou o fio da minha internet..Então já sabem o que aconteceu néh? Bom obrigada pelos comentarios...
Beijos

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Capitulo 59

Mell

Eu não consegui dormir direito a noite, os olhos daquele lobo, ou melhor loba não saiam da minha cabeça.Aquele medo que eu senti quando os vi, o fato de terem levado minha mãe.Eu não conseguia entender, se essa tal Alex queria se vingar dos lobisomens como vovê disse porque ela levou minha mãe.O que minha mãe tinha a ver com essa historia toda?
Depois de me arrumar desci e encontrei a sala vazia, e assim que entrei na cozinha dei de cara com meu p...com o Ryan.Assim que me viu ele deu um sorriso envergonhado.
_Bom dia filha.Porque ainda não está arrumada, vai se atrasar pra escola._O que? Minha mãe sumiu e ele preocupadop em ir pra escola? Será que estava tão feliz que minha mãe havia sumido e queria comemorar com a Nicole?
_O que foi não vê a hora de comemorar com a Nicole não é?
_O que? Comemorar o que Mell? Olha Mell se você ta falando sobre o beijo eu...._Eu o interrompi.
_Não estou falando sobre o beijo.Estou falando sobre o fato da mãe ter sido raptada e você querer ir comemorar com aquela humana estupida._Ele me olhou espantado.
_A Kate foi que?
_Não te contaram?_Eu tentei me acalmar.
_Não me contaram nada.O que aconteceu com a Kate?
_Ontem quando nós estavamos no bosque apareceu um lobo e eu não pude impedir e levaram ela.Mas pelo que parecesse a loba não estava sozinha no bosque.E agora nós não sabemos o que fazer._Quando eu o olhei  pude ver dor em seus olhos.Eu sabia que ele amava minha mãe mas sera que esse amor é suficiente?
_A culpa é minha, se ela não tivesse visto o que aconteceu ontem...eu...eu deveria ter impurrado a Nicole...deveria ter tido que é a Kate que eu amo..eu...eu..._Eu o abracei.
_Tudo bem pai.Mamãe disse que não culpa você por ter se apaixonado._Senti meu ombro ficar molhado, é ele estava chorando.
_Você não entende, eu não estou apaixonado pela nicole.Eu não sabia o que estava acontecendo comigo porque eu me sentia tão bem perto da Nicole.A verdade é que ela me lembra muito a Belle.
_Sua primeira namorada?
_È.Elas são muito parecidas, e a Belle foi mais do que minha primeira namorada.Ela foi uma grande amiga, minha irmãzinha.E do mesmo jeito que eu confundi os meus sentimentos pela Belle , eu fiz com a Nicole.Eu nunca me apaixonaria por outra pessoa porque a Kate é....
_A dona do seu coração._Eu completei.Ele assentiu.
_Ela é dona de tudo que há em mim.E agora eu a perdi.
_Vamos encontra-la, sei que ela vai te entender. _Eu sorri tentando parecer convincente.



Kate

Já fazia horas que eu estava ali jogada no chão encarando o teto.O tempo parecia estar parado e eu não sabia como faze-lo andar.Olhei pelo vidrro da porta e os capangas da Alex ainda estavam ali, eu nem ao menos sabia como abrir aquela porta ferro.Comecei a bater na porta outra vez quando senti fome.
_Diga a Alex que estou com fome.Preciso me alimentar.
Então minutos depois um deles abriu a porta e jogou uma garrafinha de sangue.Otimo.Parecia que a Alex havia entendido que eu não iria matar ninguém.Depois de beber todo o liquido da garrafa me sentei na mesa.Senti uma pequena movimentação em minha barriga e sorri.
_Tudo bem meu amor.Vai ficar tudo bem, vamos sair daqui.Eu prometo.
_Não deveria prometer o que não pode cumprir._Assim que me virei me deparei com com um cara alto, palido e bem bonito._Acredite em mim.Experiencia propria.
_Então você é o Matt?
_Sou sim.Parece que você já conhece a historia.
_Conheço sim.Mas ainda não entendi porque as mortes estão relacionadas aos vampiros.O que temos haver com o problema de vocês.
_Queriamos que os vampiros descobrissem sobre a existencia dos lobisomens.
_Porque isso?
_Porque pensamos em uma guerra mas aí soubemos de você.A vampira corajosa que enfrentou os lobisomens no territorio inimigo.
_Eu não enfrentei eles, só precisava saber a verdade.
_Não foi bem isso que soube pelo Dereck.
_Dereck? Então ele é seu informante?
_Mais ou menos.



Mell

Eu e meu pai estavamos na cozinha tomando café quando a campanhia tocou.Levantei-me e fui ate a porta, quando a abri me deparei com o Jeremy.
_Oi Mell.Eu fiquei preocupado com a Kate, soube do que aconteceu com o Ryan e queria saber como ela está.
_Jeremy que bom que veio, preciso mesmo falar com você.
_O que aconteceu?
_Entra._Eu me virei dando espaço pra que ele entrasse.Nós nos sentamos no sofá.
_Então o que ouve?
_Minha mãe foi raptada.
_O que?Porque?
_Alex.
_Alex? 



                          FIM DA MARATONA

Espero que tenham gostado mais eu vou ter que sair.Amanhã posto mais...Beijos

Capitulo 58

Como ela poderia saber disso, eu não havia contado a ninguém.
_Não sei do que está falando?
_Não sabe mesmo Kate?
_Não.
_Não contou nem mesmo ao tal Ryan.Ele é o pai não é?
_Como eu disse antes não sobre o que está dizendo._Minha respiração estava cada vez mais pesada.
_Estou falando sobre o bebê que está esperando?_Meu coração já pulsava loucamente.O nó em minha garganta já estava começando a me sufocar.
_Como...Como sabe?_As lagrimas começaram a correr.
_Como eu disse eu sei muito sobre você.Sei também seu namorado e a humana.Você deve estar se sentindo pessima não é?
_Não tem o direito de se meter na minha.Não tem o direito de me manter presa aqui, não tem o direito.Não é minha culpa se mataram seu filho._O brilho que estavam em seus olhos ate agora desapareceram.E agora só havia dor, raiva.
_Você não sabe o que está falando.Vou mandar trazerem comida pra você, precisa se alimentar.E não tente escapar, vai ser pior pra você._Então ela simplesmente se virou e saiu.Sabia que havia tocado em seu ponto fraco, não deve ser facil perder um filho.Mas ela não tem o direito de fazer o mesmo comigo.
Alguns minutos depois um cara entrou trazendo uma garota consigo.A jogou no chão e saiu.Ela me olhou assustada, seu medo era quase palpável.Me levantei e fui em sua direção tudo dentro de mim pedia por sangue, encostei minha mão em seu ombro.Seus olhos estavam arregalados e pelo visto ela sabia o que eu era.
_Tudo bem, não vou te machucar.
_Eu sei o que você é._Ela chorava desesperadamente.
_Sei que sabe, mas não vou fazer nada.Só preciso que pare de pensar um pouco, está aumentando minha dor de cabeça._Me afastei e voltei a me sentar.Ela foi pro outro lado do quarto e ficou encolhida no canto.Tentei me concentrar e não pensar em nada, mas o medo de pensar em perder meu filho.....Não podiam fazer isso comigo.Eu já havia perdido o Ryan e não iria permitir que me tirassem meu filho também.E logo depois acabei adormecendo.
Quando acordei minha cabeça já não doia mais, como se ela nunca estivesse ali.Olhei ao redor e encontrei a garota no mesmo lugar de antes com o olhar preso em mim.Parece que ela não dormiu, deve ter passado a noite toda me vigiando.Eu não a culpo, se eu estivesse no lugar dela também não confiaria em mim.Um vampiro nunca é muito confiavel.
A porta abriu e a Alex entrou, me encarou seria e se virou pra olhar a garota que eu não sabia o nome.
_Então você não comeu.Querida você precisa alimentar o meu bebê e...
_Meu bebê Alex.Meu filho._Eu disse irritada.
_E se continuar recusando a matar essa humana infeliz eu o farei._Ela continuou ignorando o que eu havia dito.
_Não por favor me deixa ir embora.Eu prometi pra minha irmãzinha que eu iria visita-la no hospital._A garota disse chorando.
_Cale-se não tenho tempo pra sua historia ridicula.
_Solta ela alex.Eu prometo me alimentar mas solta ela.
_Tudo bem.Vou ser boazinha dessa vez porque está prometendo cooperar.Venha logo garota antes que eu mude de ideia.
_Obrigada._Ela sussurrou me olhando.E foi em direção a porta onde a Ale estava.
_Espera.Como vou ter certeza de que a libertou.
_Precisa confiar em mim Kate.Eu cumpro com que falo e se eu disse que iria solta-la é porque vou solta-la.
Então ela saiu sendo seguida pela garota de cabelos dourados e olhos que revelavam tudo.Eu precisava arrumar um jeito de sair dali e eu precisava ser rapida.

Capitulo 57

Quando eu acordei ainda estava no bosque, minha cabeça latejava.Olhei ao redor mas não encontei nem minha mãe.Ah meu deus minha mãe.Com dificuldade eu me levantei, tentei andar o mais rapido possivel.Droga. O que eles fariam com minha mãe? Senti as lagrimas descerem lentamente, eu precisava fazer alguma coisa.
Assim que entrei encontrei todos sentados no sofá conversando, parando assim que me viram.
_Vovô.
_O que aconteceu querida?_Ele levantou e me abraçou.Enterrei meu rosto em seu peito e deixei que as lagrimas descessem livremente.
_A pegaram vovô e eu não fiz nada.A culpa é minha._Ele se afastou um pouco pra poder olhar em meu rosto.
_Do que está falando Mell?
_A minha mãe.Levaram minha mãe.
_O que?_A Julie perguntou vindo em minha direção.
_Calma querida vai ficar tudo bem.Só precisa se acalmar e me dizer quem a levou?
_Um lobo._Eu disse enquanto o Tyler me puxava me fazendo sentar no sofá.
_Como ele era?
_Ele tinha o pêlo branco e olhos azuis.Ah Tyler aqueles olhos eram horriveis, senti como se tudo dentro de mim estive congelando.
_E como aconteceu?
_O lobo apareceu.....eu tentei....tentei correr dali, mas fui arremeçada pra longe e acabei desmaiando e quando acordei estava sozinha.Mas eu não entendo, o lobo não estava perto de mim.Como fui arremeçada.
_Eu não também não sei.O que vamos fazer John?
_Eu não sei.Vamos pensar direito um lobo a pegou o que vamos fazer.Chegar no territorio deles e dizer "Ei vocês raptaram minha filha eu vim pega-la".Precisamos descobrir quem era esse tal lobo.
_Alex._Eles me encararam.
_Como é?_A Mary disse sentando ao meu lado.
_Foi o nome que mamãe disse quando o viu.Alex.
_Alex não é a tal lobisomem que se apaixonou por um vampiro?_O Tyler disse encarando meu pai.
_Sim, é ela.Mas....porque ela pegaria a Kate.Pensei que a vingança dela fosse contra os lobisomens.
_Eu também não entendo.Você viu mais alguém no bosque Mell?
_Não.
_Tudo bem Mell vamos encontrar a Kate.Vai ficar tudo bem._A Julie disse enquanto me abraçava.Aquelas palavras me confortaram um pouco mas algo dentro de mim não conseguia acreditar nisso.



Kate


Eu sentia minha cabeça girar, meu corpo estava dolorido.Quando olhei em volta eu estava em um tipo de quarto, mas estava vazio exceto pela mesa e as duas cadeiras de ferro que ficavam no centro do "quarto".

Me levantei e fui em direção a porta, olhei pelo pequeno vidro que havia li e vi alguns homens parados ali fora.Soquei a porta mas eles não deram importancia, me sentei em um canto e permaneci ali por um tempo ate que a porta abriu.Ergui minha cabeça e me deparei uma mulher alta, seus cabelos eram pretos e seus olhos azuis.Alex.
_Olá Kate._Ela disse sorrindo.Seu sorriso era lindo, ele me faria sorrir também se não fossem as cincunstância.
_Como sabe meu nome?
_Sei muita coisa sobre você Kate, como sei que já te contaram sobre mim._Então eu me lembrei da Mell.
_Onde está a minha filha?
_Não se preocupa ela está em casa com sua familia.
_Porque eu to aqui? O que quer de mim?
_De você? Só uma coisinha bem pequena.
_O que?
_O seu filho._Eu a olhei assustada.
_Filho? Eu não tenho filho nenhum._Meu coração estava acelerado.
_Sei que não tem, ainda.
Como ela poderia saber disso, eu não havia contado a ninguém.

Capitulo 56 - Maratona

Senti meu coração despedaçar quando ele a puxou e a correspondeu.Pude perceber a expressão de espanto no rosto da Mell.Me virei pra sair dali mas não conseguim me mover, meus pés pareciam estar presos ao chão.Senti alguém segurar meu braço e quando me virei me deparei com a Mell.
_Vem._Ela me puxou pra fora do refeitorio.Fomos em direção garagem.
_Pra onde vamos?_Perguntei enquanto iamos em direção ao carro.
_Vamos embora desse lugar.
_NÃO._Eu disse assim que ela abriu a porta do carro._Eu não quero ir pra casa e também não quero entrar emtrar nesse carro.Eu preciso andar um pouco.
_Tudo bem.Porque não andamos um pouco pelo bosque? Vai ser bom respirar um pouco de ar puro._Ela disse sorrindo gentilmente.Eu apenas assenti.Durante o caminho nós ficamos em silêncio, na verdade acho que não tinhamos nada pra falar.Meus sentimentos estavam "lutando" dentro de mim, eu sabia que aquilo estava longe de acabar.
_Mãe, eu não entendo._A Mell disse quebrando o silêncio._Porque ele fez isso?
_Não sei Mell.Talvez ele só esteja apaixonado, não o culpo por isso._O que não era de todo uma mentira.Já vivi muitos anos e aprendi que ninguém escolhe por quem vai se apaixonar, mas isso também não diminua a dor dentro de mim.
Andamos ate uma arvore enorme e nos sentamos ali observando as arvores ao redor.
_Vai ficar bem?_A Mell perguntou enquanto fazia carinho em meu cabelo.
_Sou uma Watson, acabamos ficando bem no final._Eu sorri e ela retribuiu.




Na escola.*Jeremy*


Depois do intervalo fui em direção a sala, precisava falar com a Kate.Ela não parecia bem durante as primeiras aulas, será que aconteceu alguma coisa? Assim que entrei na sala ela não estava lá, depois de um tempo todos já estavam na sala inclusivo o professor mas ela não havia chegado.
Passei as duas ultimas aulas preocupado com a Kate.Assim que bateu o sinal eu saí da sala e fui atrás do Jake, talvez ele saiba o que aconteceu.O encontei na quadra se preparando pra ir embora.
_Jake.
_Fala cara.
_Sabe pra onde a Kate foi? Ela estava estranha nas primeiras aulas e não apareceu depois do intervalo.
_Ah ela foi embora com a Mellanie.
_Aconteceu alguma coisa?_Eu perguntei preocupado.
_Bem é meio complicado de explicar.A Kate viu o Ryan e a Nicole se beijando.
_Como ela tá?
_Eu não sei._Ele suspirou._Bom eu tenho que ir.Depois a gente se fala._Então ele saiu me deixando sozinho.Fui em direção a saida e dei de cara com o Ryan e a Nicole.
_Espero que esteja feliz agora Ryan._Disse enquanto passava por eles.




*Mell*


Nós continuamos ali sentadas observando o nada.Eu não sabia o que dizer pra amenizar a situação, eu também estava decepcionada com o meu pai.Ele não tinha o direito de fazer minha mãe sofrer desse jeito.Ela podia tentar disfarçar e dizer que estava tudo bem, mas eu podia sentir o quanto aquilo estava a machucando.
Mas um barulho atrás das arvores me trouxe de volta.
_Ouviu isso mãe?
_Ouvi.O que será?
_Não sei, e também não to afim de descobrir.È melhor irmos embora.
Nos levantamos pra sair e fomos andando quando apareceu um lobo em nossa frente.Seu pêlo era branco e seus olhos azuis me dava arrepios na espinha.
_Alex?_Ouvi minha mãe sussurrar.O que? Da onde ela o conhecia ou a conhecia?
Tentei puxar seu braço pra sair dali mas ela não se moveu.E derrepente fui arremeçada pra longe batendo contra uma arvore.Então não vi mais nada.
 

Tem Alguém On?

Tem Alguém aí ?
Se tiver alguém eu já começo a maratona...

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Aviso Importante

Bom meninas hoje eu não vou postar..
Não me matem...È que hoje é um dia especial e vou sair com a minha familia....
Mas se der tempo quando eu chegar eu posto o 56..
Noticia pra vocês...Amanhã eu vou fazer maratona..Então quero ver todo mundo on comentando hein...
Beijos Minhas Gatas...

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Capitulo 55

Assim que entramos em casa eu fui correndo em direção ao quarto e me joguei na cama enterrando meu rosto no travesseiro.Tentando inutilmenete sufocar as lagrimas que agora desciam livremente.Eu não queria me sentir assim, tão insegura mas eu não conseguia evitar.
Um tempo depois senti alguém sentando do meu lado me virei e encontrei o Ryan me olhando docemente.
_O que aconteceu Kate?_Ele me puxou mais pra perto.
_Não é nada serio, acho que essa historia de lobisomens e as mortes mexeram comigo._O que não era uma mentira, toda aquela historia de lobisomens estava mesmo me deixando confusa.
_Também tem mexido comigo, com todos nós alias._Eu me aproximei mais deixando nossos rostos bem proximos.
_Ryan.
_Sim?
_Vamos estar juntos pra sempre?_Ele acariciou meu rosto.
_È claro, meu amor.Porque a pergunta?
_Eu só preciso saber.
_Eu te amo Kate, não vou me afastar de você.Nunca.
_Não quero que o faça._Então ele simplesmente juntou nossos labios e tudo parecia bem outra vez.Mas eu sabia que isso não demoraria a passar, algo dentro de mim gritava me dizendo pra correr pra longe de toda aquela confusão.Então o que eu deveria fazer afinal?






1 semana depois
Na escola


Eu estava andando pelo corredor indo em direção a sala, o corredor estava vazio.Assim que cheguei o professor reclamou mas deixou que eu entrasse.Me sentei em meu lugar e tentei prestar atenção na aula mas não conseguia ouvir sequer uma palavra que o professor dizia.Nessa ultima semana as coisas não pareciam melhorar, tive pesadelos durante todas as noites e eu estava a um ponto de enlouquecer.Sem tirar os ciumes que me consumiam toda vez que o Ryan estava com a Nicole, toda vez que pensava nela.Senti meu coração se apertar quando lembrei de como haviamos brigado.


Entrei no quarto depois de um banho demorado e encontrei o Ryan sentado na cama assistindo um filme qualquer.
_Ryan será que podemos conversar?
_Claro._Ele disse enquanto dava "pause" no filme.E então me encarou._O que foi?
_Ryan o que você acha da Nicole?
_Como assim?_Ele disse com uma expressão confusa.
_O que você sente por ela?
_Eu acho ela uma garota legal.
_E bonita. 
_O que?_Ele me olhou assustado.
_Foi o que o você pensou.
_Eu não gosto quando lê minha mente, sabe disso._Ele disse tentando mudar de assunto.
_E eu não gosto que minta pra mim.
_Não estou mentindo.
_Não? Então porque não assume que não para de pensar nela?
_Ela é só uma amiga Kate._Ele suspirou._È você que eu amo.
_Jura?_Disse sendo ironica._Vocês passam a manhã toda juntos, e quando chega em casa você só pensa nela, você sonha com ela e ontem...Ontem quando nós...quando nós fizemos amor foi nela que você pensou._As lagrimas desciam queimando pelo meu rosto mas eu só queria que a dor parasse de me sufocar.
_Desculpa._Ele disse abaixando a cabeça.
_Te desculpar porque? Por pensar nela enquanto transava comigo ou por ter se apaixonado por ela?
_Kate eu não estou apaixo..._Eu o interrompi.
_Não preciso de mais mentiras.
_Kate, eu....me desculpa.
_CHEGA RYAN.Eu tô cansada._Agora as lagrimas desaciam lentamente._Cansada._Então ele virou as costas e saiu.Deixei que meu corpo caisse contra o colchão, por um momento pensei que a dor em peito me sufocaria e eu quis que acontecesse.Mas acabei adormecendo e a dor foi esquecida por um tempo.


_Sº Watson?_O professor chamou me trazendo de volta ao presente._A aula acabou._Olhei ao redor e não havia ninguém além de mim e o professor.
_Desculpe professor.
_Você está bem? Ficou olhando pro nada a aula toda e chorou também._Ele apontou pro meu rosto e só então percebi que meu rosto estava molhado pelas lagrimas.
_Eu...eu vou ficar bem.Desculpe não ter prestado atenção na aula.
_Tudo bem, vai ficar mesmo bem?
_Vou sim.Bom eu vou indo, antes que o intervalo acabe._Eu levantei e enxuguei as lagrimas.
Fui em direção ao refeitorio e assim que cheguei encontrei a Mell, o Jake, a Nicole e o Ryan sentados juntos em uma mesa, conversavam alegres.Sorri involuntariamente a Mell parecia tão feliz enquanto ouvia o Jake falar, mas meu sorriso se desfez quando a Nicole se aproximou do Ryan e o beijou. Como ela...Senti meu coração despedaçar quando ele a puxou mais pra si e a correspondeu.










Oi minhas lindas desculpa não ter postado antes...Bom, obrigado pelos comentarios...Pelo selinhos e a tag...Eu adorei....E bom quero saber a opinião de vocês...A Aline me pediu pra fazer maratona...O que você acham???????? Comentem pra mim saber a opinião de vocês....
Beijos Lindas..

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Capitulo 54

_O que?_Os dois disseram juntos.
_Uma longa historia.
_Tô com tempo._Ryan disse me encarando.
_Ta legal.È que eu encontrei um "lobo" enquanto eu passeava no bosque.
_E foi ele que te machucou?_Meu pai perguntou preocupado.
_Não exatamente._Eu contei tudo o que havia acontecido pra eles 
_Então, o que nós vamo fazer agora?_O Ryan perguntou serio.
_Eu não sei, mas pelo menos temos repostas agora.Eu vou pro quarto preciso tomar um banho.
_Eu vou com você._O Ryan disse enquanto me ajudava a levantar.
Quando chegamos no quarto fui direto ao banheiro e tomei um banho demorado.Voltei ao quarto e o Ryan estava sentado na cama pensativo.
_Ryan._Mas ele continuou encarando o nada, com os pensamentos a mil por hora.Apenas me aproximei e sentei ao seu lado o abraçando gentilmente.Foi aí que ele me olhou, seus olhos tinham um brilho diferente.Havia desejo, paixão, medo, seu olhar era tão confuso.Ele se aproximou mais acabando com a distanância entre nós dois e selou seus labios aos meus, e só o que eu consegui fazer foi me entregar.


Na manhã seguinte...Na escola...


Eu estava na arquibancada com a Mell estavamos conversando sobre os lobisomens.Ela ficou "chocada" quando contei o houve pra ela.
_Então eles realmente existem?
_Sim e estão mais perto do que possamos imaginar. 

_Uou isso soou tão filme de terror._Eu a encarei e então começamos a rir.
_Soou? Porque não era você em uma casa cheia de lobisomens.Sério eles conseguem dar medo.
_Ai! Eu to doida pra conseguer um.Como eles são?
_Normais Mell.Não tem nada de diferente em um lobisomen, quer dizer eles se transformam em lobos mas a aprencia é normal como um humano.
_Tipo Jacob Black?
_Eu não devia ter deixado a Emi te mostrar esse filme.
_Ah qual é, esse filme é lindo.
_Eu não acho e não são como Jacob Black pelo menos pelo que eu vi não.
_Então eles não são bonitões?_Ela disse fazendo cara de uma criança que descobriu que papai noel não existe.
_São bonitos sim, mas nem um pouco gentis.Pelo menos nem todos.
_Eu preciso ver um.
_Você já viu um.O Jeremy.
_O novato da sua sala?
_È eu disse que eu encontrei o Jeremy.
_Ah meu deus.Vem eu preciso falar com ele._Ela disse me puxando.
_Calma aí Sº Bella Swan._Eu disse rindo.
_Hahá anda logo.
Estavamos praticalmente correndo pelos corredores da escola à procura do Jeremy quando o encontramos saindo da biblioteca.A Mell soltou minha mão e foi correndo na direção dele e o abraçou.Ele me olhou com uma cara de assustado e eu não pude deixar de rir.
_Desculpa mas é que eu precisava abraçar um lobisomem.Ah realizei meu sonho._Ela parou de falar por um momento e o observou seria._Sabe você parece com o Jacob Black.
_Com quem?_Ele perguntou fazendo uma careta.
_Ah nada, não leva a serio o que a Mell diz.Jacob é um personagem de um filme bem antigo que ela gosta.(Pra quem não lembra eles falaram sobre Crepusculo na primeira temporada.E como ja passou muito tempo, ali é um filme antigo.)
_Ah! Tudo bem.Obrigada, eu acho.
_Agradeça sim meu querido Jacob é cara mais lindo e sensual daquele filme.
_Sendo assim eu agradeço e concordo.Sou mesmo lindo e sensual._Ele disse enquanto mexia nos cabelos.
_E muito convencido pelo visto._Eu disse rindo.O Jeremy ia responder mas foi interrompido pelo sinal.
_È melhor nós irmos Mell. Ryan deve estar esperando no portão.
_Tudo bem.Tchau Lobão gato.
_Tchau Linda._Ele deu um sorrisinho de lado.
_Tchau Jeremy._Ele apenas acenou enquanto ia saindo._Vamos Sº Swan?
_Vamos chata._Nós fomos ate o carro e encontramos o Ryan e a Nicole conversando.Eles sorriam um pro outro, pareciam extremamente felizes.Tá respira Kate, não pira agora.Ela é só uma humana idiota e o Ryan te ama. Isso ele te ama, ele a te ama, ele te ama. Ah! Droga não ta dando certo. Calma Kate, ontem foi uma noite tão especial.Não vai estragar isso por ciúmes.Nos aproxiamos deles.
_Oi Gente. Tchau gente vou sonhar._A Mell disse e entrou no carro se jogando no banco de trás e colocando os fones de ouvido.
_Oi._Eu disse tentando sorrir.
_Oi Kate._A Nicole disse toda sorridente.
_Bom eu vou esperar no carro.Tchau Nicole._Eu nem esperei uma resposta, entrei no carro e fiquei de costas pra eles.Mas eu podia ouvir a conversa, eles pareciam ter tanta coisa em comum.Então permaneci ali ouvindo a conversa deles impedindo que as lagrimas caíssem.Aquele sonho não saira da minha cabeça e pelo visto estou muito longe do fim dos problemas.Na verdade eles parecem estar apenas começando.










Bom meninas ta aí o capitulo...Espero que gostem...
Obrigada pelos comentarios me deixaram muito felizes e as meninas que começaram a ler agora..Sejam bem-vindas e espero que gostem...
Beijos...