segunda-feira, 30 de abril de 2012

Capitulo 63

Kate.....


Acordei sentindo alguém fazendo carinho em meu rosto.Abri os olhos e o encarei, Ryan, sua expressão era vazia.Gostaria de saber o que ele estava pensamento.
_Você está bem?_Ele perguntou baixinho me tirando de meus pensamentos.
_Sim._Me levantei e comecei a andar pela sala._Como você tá?
_To bem._Conitnuei a andar pela sala, Droga eu não contei pra ele sobre o bebê.Eu deveria contar não é?Ele tinha o direito de saber.Não, ele não precisa saber pelo menos não agora.Senti seus braços fortes em minha cintura me segurando forte.
_Ryan...
_Shhh...Fiquei com tanto medo de que acontecesse alguma coisa com você._Então ele simplesmente me abraçou._Me desculpa Kate, a culpa de tudo isso é minha.Se estamos aqui agora a culpa é toda minha._Envolvi meus braços no seu pescoço acariciando seu cabelo.
_Não é sua culpa Ryan.Vai ficar tudo bem, vamos sair daqui._Ele se afastou um pouco e me olhou nos olhos.
_Kate eu..._Eu o interrompi.
_Já disse que tá tudo bem Ryan._Me afastei já sabendo sobre o que ele começaria falar, e eu não quero ter que desculpa-lo por ter-la beijado.Não agora.Jeremy estava sentado em um canto nos observando.
_Então o que fazemos agora?_O Tyler perguntou nos encarando.
_Esperamos._Eu disse enquanto me sentava na mesa.
_Esperamos o que? Um milagre? Um santo guardião dos vampiros e lobisomens?_O olhei irritada, poxa a culpa era minha se estavamos presos.
_Eu não sei tá legal.Não é minha culpa se estamos aqui.
_Tudo bem, desculpe.Sei que não é sua culpa.Mas precisamos fazer alguma coisa pra sair daqui.
_Sei disso.Também quero sair daqui.
_Olha acho que a unica coisa que podemos fazer agora é esperar.Alguma hora eles vão ter que abrir aquela porta._O Ryan disse olhando pra porta.
_Nos alimentar.
_O que?_Eles disseram em coro.
_Vão precisar nos alimentar, e pra isso precisam abrir a porta._Sorri esperançosa, iamos sair dali.Alguma coisa dentro de mim me dizia isso.
Já haviam se passado horas e ninguém havia passado por aquela porta nem mesmo Alex ou Matt.Já estava ficando irritada com toda aquela situação.Andei de um lado pro outro na sala observando os meninos que estavam dormindo,e de repente pude ouvir seus pensamentos.Os pensamentos dos dois se misturando em minha mente com meus proprios pensamentos, tentei fazer com que parasse mas ficava cada vez mais forte.Minha cabeça começou a latejar e não consegui segurar um grito de dor.Os meninos acordaram assuatados e vieram em minha direção, mas quanto mais eles se aproximavam mais fortes ficavam seus pensamentos.
_NÃO CHEGUEM PERTO DE MIM._Eles pareceram ficar mais assustados e se afastaram um pouco.
_Kate o que tá acontecendo?_O Ryan perguntou preocupado.Mas eu não consegui responder.De repente eu já não estava mais ali.Estava em uma floresta parecia haver uma guerra ali.Lobisomens matando vampiros, vampiros arrancando pescoços de lobisomens.E no meio de toda aquela confusão algo me chamou atenção, um garoto caído no chão ensanguentado havia uma garota ao seu lado chorando e senti uma dor em meu coração o esmagando.
_NATE._Me ouvi gritando e quando percebi estava correndo em sua direção.Abaixei ao seu lado, o tirando do colo da menina e o puxando pro meu.
_Nate.Nate fala comigo._Lagrimas desciam cada vez mais rapidas em meu rosto.Ele abriu os olhos e sorriu quando me viu.
_Eu devia....devia ter escu....escutado você._Passei a mão pela sua face.
_Porque?
_Porque você.....você tinha razão, você sempre.... tem razão._Ele dizia quase num sussurro.
_Me desculpa querido eu devia ter o protegido._Eu não sabia por que estava dizendo aquilo, não sabia dizer o sentido daquelas desculpas mas eu só sabia precisava dize-las antes que fosse tarde demais.
_E você me protegeu e agora eu preciso que me prometa que vai proteger a..... e o meu filho.
_Não Nate, você mesmo vai proteger seu filho.Você vai ficar bem.
_Eu só preciso que prometa.
_Eu.....Eu prometo.
_Obrigada._Ele disse segurando minha mão que estava em seu rosto.
_Eu te amo Nate._Me aproximei e dei um beijo em sua testa.
_Eu também te amo mãe._O sorriso em seu rosto já não estava mais ali, tudo tinha acabado naquele momento.








Ryan....


Depois de um bom tempo esperando que alguém abrisse aquela porta eu acabei adormecendo.Estava tendo um sonho agitado, estava preso em um tipo de labirinto.Sendo perseguido, meu coração estava acelerado.
Acordei assustado quando ouvi um grito, me levantei e percebi que o grito era da Kate tentei me aproximara mas ela gritou pra nos afastassemos, perguntei o que estava acontecendo mas ela não respondeu.E de repente ela parou seus olhos cinzas ficaram totalmente pretos, seu rosto estava palido e antes que ela pudesse cair eu a segurei.
_O que tá acontecendo?_O Jeremy perguntou assustado.
_Tá tudo bem, é só uma visão.
_Mas ela vai ficar bem.
_Vai sim, só precisamos esperar um pouco.
Ficamos ali esperando ela acordar.O tempo parecia passar lentamente eu odiava a ver daquele jeito.Um tempo depois ela "acordou", sua expressão estava vazia e seus olhos molhados pelas lagrimas.Então ela simplesmente me abraçou deixando que as lagrimas molhassem meu ombro.Passei minha mão por seus cabelos sussurrando em seu ouvido que tudo ficaria bem.Mas agora eu já não tinha certeza se tudo ficaria mesmo bem. 





Bom meninas ta aí o capitulo espero que gostem muito....E comentem viu.....Beijokas..
 

4 comentários:

  1. ahhhhhhh
    lindo maravilhoso
    quero maiiiis
    poooooste logoo gatinha!!
    bjokas gataa

    ResponderExcluir
  2. Nossa,essa visão da Kate me assustou
    Amei amei amei
    Pelo amor de Deus posta logooo!!!
    Bjsss!!!s2

    ResponderExcluir
  3. OMG OGM OGM
    To super curiosa posta logo necessito de mais O.O
    A fic fica melhor a cada momento *----*
    POSTA LOGO!!

    - Xo Xo

    ResponderExcluir

Quer me deixar feliz*---*?...Comenta aí..